segunda-feira, junho 06, 2011

SUGESTÃO DE TOMBAMENTO DE BENS CULTURAIS E HISTÓRICOS DE DIVINÓPOLIS. - Lázaro Barreto.


1 – A Praça do Canto da Minas.

O terreno é da Prefeitura e entronca ruas que fluem para os bairros Niterói, São João de Deus, Maria Helena e Porto Velho. O local é belíssimo, mas carece de urbanização (limpeza, iluminação pública, ajardinamento e proteção da mina da água). Poderá transformar a área em espaço nobre de recreação e lazer para as numerosas famílias das adjacências. O tombamento incluirá parte da ruazinha XV de Novembro, a única de Divinópolis que remonta aos velhos tempos do século dezenove e que não foi descaracterizada. Apesar de pobre e singela tem a sua importância histórica, urbanística e arquitetônica: é estreita e torta, com postes de madeira no meio da rua e sua área abrange apenas uma dúzia de casinholas, aproximadamente, todas de construção antiga e pobre. Os moradores poderão beneficiara-se da isenção de impostos e da a
recuperação de suas formas originais através de verbas (módicas) da Prefeitura. Em conversa descompromissada com os moradores, notamos muito contentamento, entusiasmo e esperança. Se o Prefeito aprovar, o processo de Tombamento poderá ser iniciado logo.

2 – Praça X Gontijo.

A praça X Gontijo e o prédio onde funcionavam os serviços administrativos da Prefeitura e o terminal rodoviário da cidade. O prédio é representativo de um estilo arquitetônico vigente na época (há mais de 70 anos, mas é de boa estruturação – e perdurará com o passar de muitos anos, ainda. O tombamento não trará despesas financeiras e terá validade para assegurar legalmente sua preservação ao longo do tempo. Quando os atuais serviços administrativos da Prefeitura saírem do local, a praça terá uma função paisagística de rara significação porque entrará em harmonia histórica com a estação da estrada de ferro (já tombada) e os outros prédios do contorno, que poderão ser, também, tombados. O prédio central poderá ser utilizado para sediar órgãos culturais como a Academia de Letras, escolas de arte sem fins lucrativos e a biblioteca pública na parte superior. Toda a praça poderá ser restaurada e colocada em condições de propiciar recreação e lazer às famílias das adjacências.

Verificar a viabilidade das sugestões.
Divinópolis 15/05/1992.