segunda-feira, julho 06, 2009




OFERENDA DE VAN GOGH - Lázaro Barreto.


Assim Van Gogh teria dito ao irmão Theo:
O ruim da vida pode ser o bom e até o melhor.
Sempre há um sabiá cantando na laranjeira
em flor ou em fruta.
Perder uma oportunidade e encontrar outra
é só uma questão
de tempo e de espaço.
Até mesmo no dia (que não seja próximo) que perder a libido,
- é ai, a partir deste execrável dia
que você reencontrará a infância
(já um tanto fora de propósito?:
: Sim e não, não e sim, sim sim).
Se não tem uma flor, um beijo, um suspiro,
um poema para mandar a quem você ama,
não se atordoe nem lastime:
mande um lenço perfumado,
um cacho de cabelos,
uma orelha bem ereta:
algo do elenco do melhor de si mesmo.
Mande sua dor ou sua alegria em termos de amor
para sua namorada, sua amiga, ou simplesmente
sua conterrânea e contemporânea.
Mande para alguém que mereça seu júbilo,
seu fervor,
seu afã de órfão,
o troféu do amor mais refinado,
o presente mais imponderável de seus cuidados.