quarta-feira, dezembro 02, 2009

ROGAI POR NÓS - Lázaro Barreto.


O amor se escreve com o x do problema?
Não tem solução nos próximos dias?
Nem nos próximos meses e anos?
Terá um dia?
Em tese é uma solução...
Na prática não tem continuidade...
Quando é muito, afoga.
Quando é pouco, morre na praia.

É uma doença sem remédio,
da qual subtraíram a morte?
É melhor mantê-lo bem longe.
Mas quem consegue?
Afinal de contas, ora essa, o ser humano
é seu refém.
O ser humano, bem, o ser humano
é
em essência e existência
um bobão sado-masoquista...
É ou não é?