domingo, fevereiro 12, 2012

DOIS LIVROS PRECIOSOS.

1 – 60 Anos de Festival de Cannes (1946-2006)

Este livro de luxo, que me foi presenteado pelo filho Paulo e a nora Layla, é uma festa para os olhos e o coração de um inveterado cinéfilo. Legítima expressão documental da
fase áurea do cinema internacional, caprichoso repertório das obras primas do Cinema, fartamente e lindamente ilustrado com as fotos coloridas de cenas dos filmes e dos festivais, exibindo a galeria dos melhores astros e estrelas das seis décadas mencionadas. Senti-me em casa, como se diz, muito à vontade, folheando, lendo e vendo as magníficas e saudosas imagens de tantos filmes vistos ao longo do tempo.

2 – CÕTE D´AZUR.

Outro livro de luxo, para guardar carinhosamente ao longo do tempo (presente também do casal referido, na volta deles de uma segunda lua de mel, agora na faixa belamente turística da Europa). A maravilha da paisagem natural, deliberadamente preservada ao longo do tempo. Dir-se-ia que estamos folheando as páginas do paraíso mais realista deste mundo. Mesmo na área habitada transparece uma espécie de eterna juventude, sem o menor sinal de poluição. A lua parece um sol e vice-versa na Baie de Saint-Tropez, sem falar nas fachadas do casario. O festival das cores mais puras das buganvilhas em Port-Grimaud. A suntuosidades das imensidões, as pedras dormindo ao sol, os campos elísios em toda parte, o panorama suntuoso da baia de Cannes... E as praias de Cannes? E os jardins? Depois vem os cenários de Antibe, Biot, Grasse, Vence, Nice,a Baia dos Anjos.... A naturalidade da fantasia, a realidade dos sonhos. E assim prossegue o passeio pelas 160 páginas em papel e dimensões especiais. Um colírio para os olhos, uma inspiração para o casal Paulo e Layla, moradores na aprazível Vila Verde do Estado de São Paulo. Um presente de ouro e diamante para esse inveterado leitor e cinéfilo.