sexta-feira, agosto 04, 2006

A Cruz e o Credo

A CRUZ E O CREDO - Lázaro Barreto.


De minha parte, creio.
Creio em Deus Pai, Toda Natureza,
no artista criador, na terra
mais do que no céu,
no pão nosso de cada dia,
na certeza que o ser humano
é um bicho igual aos outros.

Creio no pensador que vislumbra
em sua vertigem de altura e profundeza
o meio estratégico no qual a felicidade
da alma (liberdade liberdade)
convive na felicidade do corpo
(melhores pães para todos).

Creio nos nomes das coisas
que procuro conhecer e assim
escapar dos esporões e atoleiros
sair da caixa dos marimbondos
seguir pelos vértices horizontais
até chegar nas sementes das raízes
na borbolha da água original
nas mãos divinas da minha cruz e do meu credo
lá bem embaixo e não lá emcima
até perder-me nos confins da madorna
(nem dormindo, nem acordado).