terça-feira, maio 11, 2010

PÉROLAS LITERÁRIAS - Compilação de Lázaro Barreto.


- “Quem é você? Se você acha que sabe, por que continua mentindo a respeito?”
Paul Auster.
- “É preciso ter coragem para assumir o próprio pessimismo”.
Ian McEvan.
- “Os escritores são iguais às outras pessoas, apenas ligeiramente mais obsessivos”.
John Banville.
-“A pessoa que não sacudir o orvalho de manhã não penteará seus cabelos grisalhos”.
Hunters Thompson.
-“A medicina é minha legítima esposa; a literatura, minha amante”.
Anton Tchekov.
- O poeta francês Mallarmé colocava a fonética, os preceitos simbólicos e a forma visual acima da significação literal.
- “Não há inteligência onde não há mudanças, nem necessidade delas”.
H. G. Wells.
-“As frases labirínticas e a sintaxe retorcida de Marcel Proust. Ele introduziu e cunhou a idéia da lembrança involuntária (a que vem sem ser chamada)”.
Autor não lembrado pro mim, agora.
“As palavras são apenas sombras vagas do muito que queremos dizer”.
Theodore Dreiser.
-“Nada está distante e nada está próximo, quando se deseja”.
Willa Cather.
-“O conhecimento pode ser transmitido, mas a sabedoria, não”.
Hermann Hesse.
- “A vida é fácil para o registro, mas desconcertante para a prática”.
E. M Forster.
“A maternidade é a coisa mais estranha. Você pode converter-se em seu próprio cavalo de Tróia”.
Rebeca West.
-“Gosto de longas caminhadas, sobretudo quando praticadas por pessoas que me aborrecem”
Noel Coward.
-“Mesmo se a felicidade se esquecer de você um pouquinho, nunca se esqueça dela”.
Jacques Prévert.
-“O amor nunca morre de causas naturais. Morre porque não sabemos como reabastecer sua fonte”.
Anais Nin.
-“Tudo que foi esquecido brada por socorro nos sonhos”.
Elias Canetti.
-“Um poeta é, acima de tudo, uma pessoa que ama apaixonadamente a linguagem”.
W. H. Auden.
-“As ideologias nos separam. Os sonhos e as angústias nos unem”.
Eugene Ionesco.
-“O passado e o futuro não existem. Tudo é presente”.
Gonzalo Ballester.
-“Não faz muito sentido escrever se não for para incomodar alguém”.
Kingsley Amis.
-“Não há agonia maior do que carregar dentro de si uma história não contada”.
Maya Angelon.
-“Precisamos de escritores porque precisamos de testemunhas deste terrível século”
E. L. Doctorow.
-“Desperdicei tempo e agora o tempo me desperdiça”.
Shakespeare.
-“Se você tiver cabeça e coração, mostre apenas um de cada vez”.
Holderlin.
-“Os poetas são os legisladores desconhecidos do mundo”.
Shelley.
“Sumidouros que sibilam, entram em ebulição e nos sorvem”.
Virginia Wolf, sobre Dostoievski..