quarta-feira, abril 06, 2011

BIBLIOGRAFIA PROVISÓRIA de Lázaro Barreto.

1 – Obras (livros) publicadas:
Contos:
– A Cabeça de Ouro do Profeta – imprensa oficial de BH., 1970.
- Aço Frio de Um Punhal – Editora Guanabara RJ. 1986.

Poesia:
- Árvore no Telhado – Ed. Movimento AGORA- Divinópolis – MG. 1969.
- Mel e Veneno – Ed. Express – Divinópolis, 1984.
- A Lapinha de Jesus de parceria com Adélia Prado –Editora. VOZES, Petrópolis,RJ., 1969.


Ensaios:
- Memorial de Divinópolis – Prefeitura de Divinópolis, MG.,Ed. Serfor, 1995.
- História de Arcos – Prefeitura de Arcos, MG., 1992.
- Memorial do Desterro – Ed. Serfor, Divinópolis 1995.
- A Família Barreto (pesquisa genealógica) – Ed. Express, Divinópolis, MG 2005.

Participação em Antologias:
- A Poesia Mineira do Século xx., de Assis Brasil, Imago, RJ, 1998.
- Nove Opowiadania Brazyligskie (Polônia). Trad. de Janina Z,Klave, 1982.
- Riqueza Cultural Ibero-Americana, de Pedro Pires Bessa, FAPEMIG, Divinópolis, 1996.
- Flor de Vidro (contos de autores mineiros). Ed. Arte Quintal, BH, 1991.
- Veredas de ROSA., de Lélia Parreira Duarte, PUC Minas, BH, 2000.
- Revista FICÇÃO – São Paulo, 1977.
- Jornal AGORA – Textos e Ressonâncias., de Pedro Pires Bessa, Ed. FUNEDI, 2003.
- Palavra Puxa Palavra , de José Afrânio Moreira Duarte, Ed. do Escritor, SP, 1983.

Teatro:
- O Clarão, em parceria com Adélia Prado (representado).
- Quem Matou o Filho da Onça (peça infantil, representada).
- Bar – Doce Lar – representada em parte em Divinópolis.
- O Reinado (inédita).
- Aqui Neste Desterro – inédita.
- O Ninho da Égua – inédita.
- O Fogo Corredor – inédita .
-
Ensaios Inéditos:
- Os Horizontes do Itambé (pesquisa sobre a cultura popular de Minas Gerais).
- Mosaico Mimético.
- Picles Dietéticos e Grãos de Pólen.

Poesia Inédita:
- A Janela dos Anos.

Contos Inéditos:
- Dois Patinhos na Lagoa.

- Os Contos do Apocalipse Clube.
- Os Bigodes de Quintino Bocaiuva.

Romances Inéditos:
- Tentação Noturna.
- Barra Funda – A Evaporação dos Paradigmas.
- Sozinho e Mal Acompanhado.
- Cantagalo – A Bacia das Almas.
- Roda Pião – O Pião Entrou na Roda.
- O Dia do Casamento.
- Monólogo e Pranto.
- Chamando Urubu de Meu Louro (em preparo).

Participação em filmes de curta-metragem:
- Arvore dos Sonhos, direção de Carlos Augusto Calil;
- O Verde Mais Antigo, direção de Osvaldo André de Mello.

Colaboração ininterrupta na imprensa divinopolitana desde 1966 - praticamente em todos os jornais que circularam e circulam na cidade até os dias atuais, através de resenhas, comentários, entrevistas, poemas, artigos e crônicas. Colaboração também em muitos jornais e revistas de Belo Horizonte, do Rio e de São Paulo, além de algumas no Uruguai e na Argentina, além de manter um blog literário (http://lazarobarreto.blogspot.com).