sábado, janeiro 20, 2007

Freud em Reles Palhetadas

FREUD EM RELES PALHETADAS - Lázaro Barreto.


O pai na calçada da humilhação (o judeu
diante do nazista)
O amigo alemão (de igual
para igual)
O malogro da hipnose (o assédio mais veemente
de uma inglória sedução?)
Sob o olhar de Sartre (embevecida
admiração)
Sob a crítica de Jung (um passo adiante,
tropeçando?)
O tabaco a derrotar a psicanálise (o santo
de casa não faz milagre).

A explicação que oblitera não conjura.
É a
que leva a insônia na conversa,
encomprida os dias da vida
em sã consciência.